“Brik font” de Craig Ward é uma intrincada série tipográfica feita de peças de LEGO

Pode LEGO ser um meio eficaz para tipografia?


Seguindo seu gosto pelo design modular, o designer, diretor criativo e autor Craig Ward, revela uma intrincada série tipográfica feita de peças de LEGO. Por meio de seu último projeto denominado brik font, o designer explora as limitações do design de fontes, adicionando um toque caprichoso às letras de formatos regulares. Alguns tipos de fontes da série brik font consistem em um desenho fino e curvo, enquanto outros, um estilo arrojado, semelhante a um estêncil. O designer britânico também brinca com peças arredondadas e curvas e outras vezes dá a impressão de resultados rasterizados.



“A criatividade prospera com restrições e o sistema de construção da LEGO é uma prova disso. Poucas coisas ainda precisam ser criadas pela LEGO”, mencionou ele. Ao explorar as nuances do design de tipos, cada uma das obras tipográficas

pioneiras de Craig Ward mostra as referências do tipo específico de design. “Não estou 100% certo sobre o que constitui sucesso neste empreendimento — se é o tipo que supera as limitações do meio ou se é o tipo que as envolve. Sempre será um problema lidar com curvas sutis, eu joguei com o tipo de suavização e os resultados são bem interessantes”, afirma Craig, abordando esse problema usando técnicas de computação gráfica em um ambiente analógico.



Como ele mencionou em um post no Instagram, “parte da ideia por trás deste projeto é criar novas fontes modulares, em arquivos que disponibilizarei para download em uma loja Etsy, pelo preço de um café ou algo assim. Este é um dos meus primeiros: um alfabeto estêncil, condensado de 5 linhas — 55 caracteres ao todo: A-Z e 0-9, além de alguns símbolos tipográficos”.


Fonte: Designboom