COSO: dispositivo ultrassônico de “banho de testículo”, para contracepção masculina



COSO é um dispositivo anticoncepcional masculino de uso doméstico, desenvolvido pela designer Rebecca Weiss. Trata-se de um contraceptivo masculino ultrassônico e livre de hormônios, que atua sobre a mobilidade dos espermatozoides temporariamente. Depois de sua experiência com o precursor do câncer de colo do útero, Rebecca e seu parceiro estavam procurando um método profilático alternativo, já que a contracepção hormonal não era mais uma opção. Entendendo ser um problema que afeta muitas mulheres e casais em todo o mundo, ela decidiu focar seus estudos na falta de métodos contraceptivos masculinos.



O projeto é sua dissertação de Mestrado. Formada pela Universidade Técnica de Munique o seu protótipo foi vencedor do prêmio James Dyson Awards, com o qual pretende ajudar no financiamento dos testes clínicos, para a confirmação de sua eficácia e aprovação pelas agências reguladoras.


Até agora, o procedimento foi aplicado apenas em animais e funcionou perfeitamente, não tendo sido testado em humanos. A tecnologia COSO é baseada em um estudo conduzido por pesquisadores norte-americanos e publicado na revista científica Reproductive Biology and Endocrinology.



Depois de muitas abordagens mal sucedidas para a contracepção masculina — como a pílula masculina que causou efeitos colaterais — existem atualmente apenas dois métodos estabelecidos: o preservativo e a vasectomia permanente. Segundo Rebecca Weiss, o dispositivo COSO sugere uma abordagem anticoncepcional mais fácil de usar, sem qualquer tipo de intervenção física, dor ou mesmo efeitos colaterais, agindo sobre a mobilidade dos espermatozóides.




Fonte: Design Boom