Modelos em escala mostram as dificuldades da guerra de trincheiras da Primeira Guerra Mundial

Andy Belsey passa seus dias criando e montando modelos arquitetônicos, mas são os modelos militares, em escala 1:32, que ele constrói em seu tempo livre, que atraíram a atenção mundial. Em particular, seu olhar incrivelmente detalhado para a guerra de trincheiras da Primeira Guerra Mundial lhe rendeu grande aclamação e agora ele está colocando todo o seu conhecimento em seu novo livro, Modeling WWI Trench Warfare, publicado pela Crowood Press.



Belsey é fascinado por miniaturas desde criança e isso o levou à paixão por modelos históricos. Desde 2013, ele pesquisa e escreve em seu blog sobre a construção desses modelos, passando os últimos 18 meses transformando o que sabe em um livro.



Há pesquisas detalhadas sobre como franceses, alemães e britânicos criaram suas trincheiras e bunkers e como esse conhecimento pode ser transformado em modelos realistas. Recentemente, Belsey também tem colaborado com outros fabricantes de modelos conhecidos, incluindo o famoso pintor de figuras Mike Butler. Butler, que mora na Nova Zelândia, e Belsey, que mora no Reino Unido, têm enviado modelos de um lado para o outro ao redor do mundo há mais de um ano. Trabalhando juntos, eles foram capazes de aprimorar o trabalho de Belsey, trazendo um realismo impressionante aos rostos de seus soldados.




Desde a última vez em que falamos com Belsey, há quatro anos, ele tem estado muito ocupado — “Em 2017, eu estava apenas começando a construir modelos de trincheiras franceses e alemães também”, afirmou ele ao My Modern Met. “Agora tenho 10 modelos de seção e cada um deles explica diferentes aspectos da guerra de trincheiras. Eles ganharam a atenção do público porque as pessoas os consideram úteis para explicar visualmente as trincheiras, dando-lhes vida e cores. Eu tive que fazer muita pesquisa para fazer os modelos e cada capítulo do meu livro começa com seus antecedentes históricos antes de passar a explicar como eu os fiz.




Cada modelo é rico em detalhes. Um modelo realmente homenageia a história da família de Belsey. Seu esconderijo na linha de frente britânica inclui cópias reduzidas das cartas de seu avô na Primeira Guerra Mundial sobre a mesa. Belsey e Butler costumam incorporar a família nos modelos, que apresentam o avô e o irmão de Belsey como artilheiros e o tio-avô de Butler sentado para se barbear, em um buraco de granada.


Fonte: My Modern Met