Pavilhão da Rússia na EXPO 2020: um aceno para o avanço constante

O pavilhão russo na Expo 2020 celebra o progresso humano irrefreável


Situado no distrito da mobilidade da EXPO 2020 Dubai, o pavilhão da Rússia é definido pelo seguinte lema: “mente criativa: conduzindo o futuro”. O arquiteto do pavilhão, Sergei Tchoban, projetou o edifício na forma de duas cúpulas colidindo, onde a composição reflete a ideia de movimento constante como pré-requisito para um desenvolvimento e uma criação progressivos e irrefreáveis. “Os dois hemisférios são cúpulas que criam a imagem de um planeta que simboliza a totalidade e a universalidade”, comenta o arquiteto.


Ondas coloridas de linhas curvas ecoam a vanguarda russa


As fachadas do edifício são construídas com uma multiplicidade de tubos entrelaçados, como fios de cores diferentes que expressam ideias de movimento, desenvolvimento de significados e conhecimentos, orientação para o futuro e a coexistência harmoniosa de energias e fenômenos muito diversos. O motivo para as linhas de diferentes cores que delineiam o pavilhão remete, segundo Sergei Tchoban, à tradição da vanguarda russa e ao método expressivo como tratamento livre da linha para gerar novas formas, inventado pelo arquiteto construtivista Yakov Chernikhov.



Os “fios” são tubos de alumínio com diâmetro de 8 cm, que se curvam e trançam o volume do pavilhão em várias direções. O comprimento total desses elementos é de 46 km e o número total de segmentos é superior a 1000. Depois que os tubos foram fabricados e curvados na forma definida com a ajuda de um equipamento especialmente projetado, foram revestidos com uma composição de polímero colorido que protege de forma confiável o alumínio de queimar ao sol. Seis tonalidades diferentes de cores foram utilizadas no projeto, que, devido ao número incontável de combinações na superfície da fachada, formam uma paleta de linhas multicoloridas.



Com uma área total de construção superior a 3.600 m2, o pavilhão tem três pisos principais e dois pisos de mezanino. Isto permitiu organizar todas as funções requeridas: salas de exposições, cafés e restaurantes, e espaços para reuniões de negócios. Além disso, a ideia composicional de duas cúpulas colocadas uma dentro da outra tornou possível satisfazer o principal requisito climático para tal edifício nos Emirados Árabes Unidos; o complexo deve ter uma área de espera confortável e arejada. Contíguos a este estão o espaço para exposições temporárias, um restaurante, uma loja de souvenirs e um salão de vários níveis com escadas rolantes e elevadores que levam ao nível de exposição principal.


A maior das duas cúpulas forma um espaço de exposição com uma sala VIP anexa, um centro de conferências (equipado com varandas panorâmicas) e salas de reuniões que oferecem as condições ideais para a realização de negócios durante todo o curso da exposição. Como toque final, o pavilhão é cercado por uma piscina decorativa que ajuda a manter um microclima confortável ao redor do edifício e funciona como um gigantesco espelho, refletindo o pavilhão.



Homenageando os cientistas russos e a mente humana


A parte central da exposição é a performance envolvente “a mecânica da maravilha”, criada e concluída por Konstantin Petrov e sua equipe no Simpateka EntertainmentGroup em Moscou. “A ciência é internacional. Às vezes acontece que uma ideia inovadora viaja muito antes de se tornar uma tecnologia útil em algum lugar, além do seu local de nascimento. A exposição chama a atenção para os esforços criativos de gerações de cientistas e engenheiros russos e sua contribuição para a melhoria do mundo. Esta exposição homenageia o cérebro humano. É a ciência do cérebro que nos trará as descobertas mais importantes do século 21”, compartilha Petrov.



O objeto de arte de 7,5 metros de comprimento e 5,5 metros de altura está localizado no terceiro andar do pavilhão — aparentemente flutuando em um espaço de 13,5 metros de altura. uma parte separada da exposição do pavilhão é reservada para escritórios de representação de empresas de tecnologia russas que usam várias versões aplicadas de inteligência artificial em suas atividades.


Fonte: DesignBoom